O chefe da Autoridade Aeroportuária de Bali, Elfi Amir, disse ontem que a retirada dos turistas está a decorrer desde quinta-feira, através de voos fretados dos países de origem dos turistas.

Elfi Amir disse que China, Alemanha, França, Tailândia, Polónia, Grã-Bretanha, Brasil, Lituânia e Rússia estão entre os países que retiraram ou planeiam retirar os seus cidadãos de Bali, onde duas pessoas morreram devido ao novo coronavírus, incluindo uma mulher britânica, existindo ainda 10 casos positivos.

O número total de turistas retidos em Bali não é conhecido, mas mais de 169.000 de pessoas deslocaram-se àquela ilha só neste mês, segundo dados do Governo indonésio.

Os dados mostram que cerca de 2.500 turistas estenderam os seus vistos para evitar multas por permanecerem mais tempo no país antes de o Governo da Indonésia ter concedido a todos os turistas extensões automáticas na semana passada.

A Indonésia confirmou um total de 1.285 casos e 114 mortes.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 640 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 30.000.

Dos casos de infeção, mais de 130.000 são considerados curados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.