Numa declaração sobre o cumprimento das medidas de prevenção contidas no Decreto Presidencial sobre o assunto, o partido no poder em Angola exorta os cidadãos a acatarem, escrupulosamente, as recomendações de excepção adequadas à situação que o país vive.

“A pandemia da Covid-19 tem provocado dor e luto em todo mundo. No entanto, todas as energias devem estar centradas nas medidas de emergência para se prevenir sofrimento, salvar vidas e conter a força do vírus altamente contagioso”, lê-se no documento.

O Bureau Político do MPLA aproveita o ensejo para encorajar o incremento de acções de apoio e solidariedade destinadas a acudir às famílias e as populações mais vulneráveis, reconhecendo os esforços abnegados dos médicos e de todos os profissionais de saúde.

Do mesmo modo exaltou o desempemho das forças de defesa, ordem pública e segurança que, a ver do partido, “tudo têm feito em prol da preservação do bem mais valioso, vida de todos os angolanos”.

Finalmente, o MPLA recomenda à calma e à serenidade, manifestando-se confiante que os angolanos, imbuídos do espírito de resiliência e sentido de cidadania patriótica, vão ultrapassar mais este momento difícil, convidando, para o efeito, todas as forças vivas da Nação a associarem-se à luta contra a pandemia da Covid-19.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.