A informação foi avançada hoje à Angop, pelo coordenador municipal da Comissão Multissetorial de Prevenção ao COVID-19, Miguel Vicente, explicando estar-se a concluir a montagem dos móveis e equipamentos necessários, mas que já está em condições de acomodar pacientes.

O responsável afirmou que até ao momento o município da Matala já não tem casos para quarentena institucional, pois o único que tinha foi liberado, no sábado, depois de cumprir 14 dias de quarentena sem apresentar sinais característicos da doença.

Miguel Vicente assegurou que as principais unidades hospitalares do município dispõem de material de biossegurança, que devem ser repassados também à unidade de quarentena.

O município da Matala dista a 180 quilómetros a leste do Lubango, capital da Huíla e tem uma população estimada em 260 mil habitantes.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.