O lote de material entregue pela Comissão Interministerial de Resposta à Pandemia incluiu luvas, máscaras , botas, álcool em gel, termômetros para o alargamento do restareio nos pontos de entrara da província e nas instituições públicas,  entre outros meios.

Na ocasião, o secretário de Estado para a Saúde Pública,  Franco Mufinda, disse que o material faz parte do lote adquirido recentemente na China pelo governo angolano.

Relativamente a testagem na Lunda Norte, com recurso aos dois aparelhos genexpert, disse que será feito um levantamento sobre o estado técnico dos equipamentos para posterior envio dos cartuchos para o efeito.

Reiterou que o Estado angolano continua a trabalhar para alargar a base de testagem no país, para se ter o diagnóstico real do novo Coronavírus.

Angola regista, até ao momento 70 casos positivos, com quatro óbitos, 18 recuperados e 48 activos a receber tratamento médico nos centros criados para o efeito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.