Orientada pelo supervisor do Gabinete Provincial de Saúde Pública de Benguela, Américo Maquina, a acção formativa, em alusão aos 41 anos do Ministério do Interior,  abordou não só os cuidados no manuseio de doentes e pessoas suspeitas de covid-19, como os conceitos de casos suspeitos, prováveis e confirmados.

Em declarações à Angop, o director para Planificação, Estudo, Informação e Análise da Delegação do Ministério do Interior, José Glório, disse que só conhecendo a doença e suas formas de contágio e prevenção, o efectivo pode proteger-se e ajudar a população no combate ao coronavírus.

“Saímos daqui elucidados e melhor preparados para lidarmos com a pandemia, pois o efectivo está em permanente ligação com os cidadãos”, enfatizou.

Angola regista, até ao momento, 244 casos positivos, com 153 activos (seis que requerem atenção especial da equipa médica), 81 recuperados e 10 óbitos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.