Consta do kit 30 máquinas bulldozers, tractores, retroescavadoras, pás - carregadoras, camiões basculantes, máquina giratória, cisternas, niveladores, betoneira, vibrador manual e cavalo mecânico.

Caminhão de carga com grua, cilindro liso, caminhão auto-tanque com espalhador de emulsão asfáltica e carrinhas de apoio, consta igualmente no lote do equipamento.

Foram também entregues 587 peças para apoiar a actividade, que será dirigida pelo departamento local do Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA).

Para assegurar o funcionamento das máquinas, foram treinados cinco técnicos formadores que vão disseminar, de igual modo, os conhecimentos aos demais funcionários a serem recrutados.

No acto de entrega, o membro da comissão nacional de Gestão do INEA, Fernando Bonito, pediu cuidado redobrados dos meios, ora, cedidos.

O governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, considerou a aquisição dos meios técnicos como um contributo para abertura  de mais vias secundárias e terciárias nas áreas de difícil acesso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.