Segundo dados preliminares avançados à Angop, pelo porta-voz do comando provincial da PN, inspector Filipe Caxota, o facto ocorreu quando a vítima encontrava-se, supostamente, sentado sobre a linha férrea, ouvindo música do seu telefone através dos auriculares.

O cidadão não prestou atenção a buzina do comboio que circulava naquelas imediações, vindo da Catumbela, que acabou colhendo-o mortalmente.

Segundo o responsável, algumas testemunhas que se encontravam no local tentaram avisar o jovem, mas presume-se que o alto volume da música tenha feito com que este não os ouvisse.

Filipe Caxota adiantou que o cadáver já foi removido do local pelo serviço de investigação criminal, enquanto decorrem trabalhos de perícia para se apurar as reais causas deste acidente.

Este é o quarto caso análogo este ano, em que o comboio do CFB colhe mortalmente cidadãos neste troço da linha férrea.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.