A campanha de vacinação contra poliomielite surge após a confirmação de um caso de poliomielite registado, recentemente, no município do Cuvango, província da Huíla, fronteira com a localidade do Cuvelai.

A vacinação realizou-se porta-à-porta na zona urbana e em postos fixos nas áreas rurais, contando com a participação de 46 equipas entre vacinadores, registadores, mobilizadores e foram disponibilizadas 16 mil e 219 doses de vacinas.
O sector tem ainda previsto nova fase marcada para os dias 16, 17, 18, 30 de Agosto e 01 de Setembro, no sentido de completarem a dose.

A informação foi avançada, nesta terça-feira, em Ondjiva, pelo chefe de Departamento de Saúde Pública no Cunene, Félix Belarmino.

O responsável destacou o empenho das equipas de vacinação, o apoio prestado pela administração local e autoridades tradicionais na sensibilização da população, considerando determinante para se ultrapassar as metas previstas inicialmente.

A poliomielite (paralisia infantil) é uma doença contagiosa aguda causada por vírus que pode infectar crianças e adultos cujos casos graves podem acarretar paralisia nos membros inferiores

O município do Cuvelai, localizado a 171 quilómetro a leste de Ondjiva, capital da província do Cunene, tem uma população estimada em 57 mil e 398 habitantes, distribuídas nas comunas do Cubati, Mukolongodjo, Mupa e Calonga.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.