A reitora da Universidade de Cabo Verde, que considerou hoje que a instituição tem vários desafios a cumprir, disse entretanto, que a sua maior preocupação tem a ver com a indefinição do projecto do Campus do Mar.

Judite Nascimento fez essa afirmação em declarações à Inforpress quando questionada sobre os desafios da Uni-CV para os próximos anos.

A reitoria que está a cumprir um segundo mandato, adiantou tu que está a implementar grandes projectos, estando neste momento, a finalizar a aprovação de instrumentos de gestão construído ao longo do ano lectivo 2018/2019.

“Pretendemos avançar com a implementação de grandes projectos e programas. Estamos a prever uma grande reestruturação e o pólo de Mindelo é o que está em maior indefinição. A transferência para o novo campo vai implicar alguma reestruturação interna”, disse.
Segundo a Reitora da Uni-CV, com estas reestruturação, a universidade irá sofrer, “positivamente”, com a transferência, que será acompanhada também com as mudanças de política e programa.

Informou ainda, que neste momento , a Universidade de Cabo Verde já resolveu os problemas pendentes que tinha com a reclassificação dos docentes, estando apenas em atraso o pagamento dos retroactivos mas não por falta de dinheiro para pagar, mas por outros motivos.

Para uma universidade que conta com um grupo educativo formado por 115 doutores, a pesquisa, de acordo com Judite Nascimento, vai ser um desafio, razão porque a instituição está a desenhar, através da pro-reitoria pós-graduação, um ecossistema de investigação que cria links com o ensino e com a extensão universitária.

“A nossa expectativa é que o investimento feito na formação dos investigadores venha a ter uma repercussão positiva e multiplicadora a nível de todo o sistema, sobretudo, com a projecção da investigação científica a nível da Uni-CV”, concluiu.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.