De acordo com o director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional (PN), superintendente chefe António Hossi, o facto, ocorreu devido a um desentendimento pela posse de um rato de estimação.

Em declarações à Angop, o oficial avançou que os três adolescentes terão agredido e esfaqueado a vítima na região abdominal, tendo-lhe causado morte imediata.

António Hossi salientou que os presumíveis autores, por serem menores, aguardam por um despacho do Ministério Público.

Entretanto, o psicólogo Frederico Óscar considerou que os adolescentes envolvidos devem merecer observação cuidadosa, para se determinar o seu estado emocional.

Este é o primeiro caso do género que acontece este ano, na província do Bié.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.