De acordo com o porta-voz dos bombeiros, Manuel Mpanzo Cassua, que avançou a informação à Angop, Milta Pedro Rosa afogou-se na praia dos pobres, arredores da cidade do Soyo.

“Depois do banho, notou-se a ausência desta no seio do grupo, situação que motivou os demais colegas a informarem a ocorrência as autoridades competentes”, referiu a fonte.

Os bombeiros, em parceria com os efectivos da Capitania do Porto do Soyo, desenvolveram, de imediato, uma operação de busca e resgate. Os trabalhos prosseguem com envolvimento de 25 efectivos.

Ao fazer o balanço das últimas 72 horas, a fonte apontou também a morte de uma criança de dois anos, por afogamento, num balde de água, bem como a carbonização de uma outra de cinco meses, num incêndio provocado por presumível vela acesa.

Os bombeiros registaram, nas últimas 72 horas, cinco ocorrências, menos duas comparativamente ao igual período anterior. Os sinistros ocorreram nos municípios de Mbanza Kongo e do Soyo

Entre as ocorrências, cinco foram incêndios de pequenas proporções e dois casos de afogamento.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.