Segundo testemunhas, o acidente, ocorrido no bairro 1º de Maio, foi, supostamente, provocado por excesso de velocidade por parte do moto-taxista que se fazia acompanhar de um passageiro.

O director do hospital municipal do Nzeto, Lucau Kavungo Júnior, informou que os dois feridos (ocupantes da motorizada) estão fora de perigo, embora um deles ter contraído ferimentos graves na parte craniana.

Na ocasião, o responsável apelou aos moto-taxistas a cumprirem com as regras estabelecidas no código de estradas, assim como o uso de capacetes para se prevenir dos acidentes.

A vila do Nzeto dista a 230 quilómetros da cidade de Mbanza Kongo, sede provincial.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.