A China, que compõe 40% das vendas da Volkswagen, é o maior mercado de mobilidade elétrica do mundo, e o grupo estima vender 1,5 milhão de novos carros elétricos no país em 2025, segundo um comunicado de imprensa.

O investimento terá participação maioritária numa ‘joint venture' que a Volkswagen já possui na China, a JAC, no valor de mil milhões de euros.

"Ao assumir o controlo, a Volkswagen está a mover-se para criar mais modelos e infraestruturas elétricas", disse a gigante alemã.

A outra metade do dinheiro será usada para adquirir uma participação num fabricante local de baterias, a Gotion High-Tech.

A China é o maior mercado automóvel do mundo, mas, pela primeira vez, desde os anos 1990, as vendas de automóveis têm vindo a cair nos últimos dois anos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.