Em comunicado de imprensa, a concessionária nacional admite registarem-se alguns atrasos na descarga de combustíveis nos portos nacionais, devido a pequenos constrangimentos nos pagamentos aos fornecedores externos.

A actual Administração da Sonangol E.P. assegura que tem vindo a mitigar esta situação por via de novos entendimentos que estão a ser conseguidos com os referidos fornecedores.

Deste modo, já se deu início ao processo de descarga de combustível nos portos de Luanda, Cabinda, Lobito, sendo que nas próximas horas, se seguirão os portos do Namibe e Zaire, não existindo, portando, qualquer problema operacional por parte da Petrolífera Nacional.

“A Sonangol reitera o compromisso com os seus clientes, agradece a compreensão de todos, em particular o acompanhamento profissional da comunicação social na cobertura deste esforço, e garante não haver motivos para alarme, apelando à população a regressar às práticas habituais de consumo”, lê-se no documento.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.