Os dados hoje publicados pelo gabinete oficial de estatísticas da UE revelam que, na comparação em cadeia (com o mês anterior), a produção industrial também recuou tanto no espaço da moeda única (-2,1%) como no conjunto da União (-2,0%), mas também neste caso Portugal contrariou a tendência, registando uma subida de 2,9%, igualmente a segunda mais acentuada entre os Estados-membros sobre os quais há dados disponíveis.

Na variação homóloga, face a dezembro de 2018, as subidas mais vincadas foram registadas em Malta (7,6%), Portugal (3,9%) e Polónia (1,3%), enquanto os maiores recuos foram observados na Estónia (-9,9%), Roménia (-8,9%) e Alemanha (-7,2%).

Na variação em cadeia, face a novembro de 2019, Dinamarca (7,2%), Portugal (2,9%) e Grécia (2,5%) lideraram as subidas de produção industrial em dezembro face a novembro, enquanto os maiores recuos foram registados na Irlanda (-6,2%), Hungria (-3,8%) e Polónia (-3,0%).

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.