Desde a apresentação oficial das marcas próprias da empresa angolana, passando pela demonstração de penteados e maquilhagens, haverá ainda espaço para uma competição de cabeleireiros,  passagem de modelos com penteados especiais para cabelos étnicos, sem esquecer a diversão dos mais pequenos e graúdos com concursos da dança ginga, garante a organização.

Se por um lado temos serviços, telecomunicações, empresas viradas para a exploração turística, petrolíferas entre muitos outros, por outro temos as empresas que se preocupam com os cuidados de beleza.

É aqui que entra a Pérola Negra, que entre stands que pouco estão relacionados com o seu negócio, destaca-se pela diferença dos produtos que traz e pela afirmação de que esta é uma área de negócio que pode interessar mais do que às mulheres, apostando na área da formação profissional.

Durante a FILDA a Pérola Negra garante que vai ter várias estrelas angolanas, que movem os nossos corações e que nos proporcionarão momentos de muita alegria.

Num ano em que a grande temática da maior feira de Angola são os desafios da atracção de investimento para o país, "queremos mostrar a todos os que nos visitam que, passados dez anos de paz, Angola oferece cada vez melhores condições de vida a nacionais e estrangeiros e que o melhor e maior mecanismo da nossa reconstrução passa, precisamente, pelo investimento e formação profissional". 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.