O facto foi revelado pelo director de marketing da marca do ovo "Kikovo", Pedro Mendonça, tendo referido que esta produção resulta, essencialmente, do empenho dos 600 funcionários que a empresa possui, além dos empregos indirectos criados.

Segundo o responsável, além da produção de ovos, a fazenda "Pérola do Kikuxi" produz também frangos e ração animal.

"No sector dos frangos estamos a fazer um abate de cerca de duas mil e 500 aves por dia", avançou a fonte.  

Em declarações à Angop, a propósito da 33ª edição da Feira Internacional de Luanda, que hoje termina, considerou satisfatórios os contactos mantidos e a troca de experiência adquirida entre os participantes, durante os quatro dias de feira.

Durante quatro dias de exposição, os visitantes que passaram no stand da "Kikovo" saborearam os omeletes, ovos estrelados e  mexidos, confeccionados pela empresa para mostrar ao público a qualidade do seu  produto.

A "Kikovo" foi a vencedora do prémio melhor participação alimentação nesta edição da Filda.

A fazenda "Pérola do Kikuxi" apresenta-se como um projecto na gestão integrada de processos industriais, com obra feita no sector da avicultura em território nacional, através da acumulação de conhecimento e experiência.
Angop

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.