Conforme o Banco Nacional de Angola (BNA), as novas cédulas já estão disponíveis em todas as províncias do país, devendo chegar aos utentes, inicialmente, via terminais multicaixa.

De cor predominante castanha e com dimensão de 126/66 mm, as novas notas de 500 kwanzas foram produzidas em material de polímero (plástico).

Trazem estampada no verso imagens da fenda da Tundavala, localizada na província da Huíla, considerada uma das 7 "maravilhas" de Angola.

Estas cédulas juntam-se às novas notas de 200 kwanzas, que entraram em circulação a 30 de Julho último, e às outras da série 2012, que se mantêm válidas.

De acordo com o director do Departamento do Meio Circulante do BNA, Sebastião Banganga, foram disponibilizadas quantidades suficientes de notas de 500 kwanzas às representações regionais do Banco Central e os aos bancos comerciais.

Sem precisar o volume de notas disponíveis, explicou que, por ser feriado nacional (Dia do Herói Nacional), os utentes poderão levantar as notas nas caixas automáticas.

"Distribuímos quantidades suficientes e já serão obtidas nas caixas automáticas, devido o feriado nacional", reafirmou o quadro sénior do Banco Central.

Adiantou que um eventual reforço das quantidades de notas disponibilizadas dependerá das solicitações feitas pelos próprios bancos comerciais.

Depois da entrada em circulação das notas de 200 e de 500 kwanzas, deve seguir-se, em Outubro, as de 1.000, e em Novembro as de 2.000 kwanzas.

Em Janeiro de 2021 entra em circulação a nota de 5.000 kwanzas, em conformidade com a Lei n.º 7/20, de 30 de Março, que autoriza a respectiva emissão e colocação em circulação pelo BNA.

As notas da série 2020 têm como imagem a efígie de António Agostinho Neto, primeiro Presidente de Angola, ao contrário das actuais que trazem o rosto de dois ex-Chefes de Estado.

Estas cédulas circularão em simultâneo com as notas da série 2012, que serão retiradas de circulação, de forma gradual.

As notas actuais da série 2012 continuam a ser aceites como meio de pagamento, sem restrições, não sendo necessário proceder à sua troca em substituição pela série 2020.

Entretanto, após algum tempo, passarão a circular apenas as notas da nova série 2020, que trazem vários elementos inspirados na identidade cultural do país.

Entretanto, dados do BNA dão conta de que, até ao dia 2 do mês em curso, foram distribuídos 29 milhões e 120 mil kwanzas, em notas de 200.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.