Ao falar à imprensa, do seminário sobre “Procedimentos para exportar frutas e café para o mercado Sueco e da União Europeia”, sublinhou que a unidade industrial está a ser instalada na Quibala e poderá arrancar em Setembro, para permitir aumentar o número de empregos, bem como produzir 10 toneladas de café/hora.

De acordo com o gestor, o objectivo é o aumento da capacidade de produção interna, promoção do emprego, qualificação da mão-de-obra nacional, melhoria do abastecimento do mercado interno e substituição das importações e contribuição para melhoria da balança de pagamentos do país.

Neste momento exportam vários produtos como frutas, bananas, mangas, goiabas, maracujás, entre outros, destacando a exportação de 15 contentores por semana/ 300 toneladas, para África do Sul, Portugal e Espanha.

Segundo o responsável, a empresa tem outros projectos voltados para exportação no Porto Amboim e em Cabinda com fruteiras e produção de Cacau.

No Bengo, a Novagrolider, com cerca de 600 hectares no Perímetro Irrigado de Caxito, produz banana, abacaxi, manga, uva, quiabo, beringela, mamão, bem como plantas enxertadas que utilizam e vendem aos outros produtores.

A fazenda, com uma produção anual de 60 mil toneladas, dispõe de uma tecnologia avançada, procurando expandir as áreas de produção.

A empresa emprega perto de quatro mil trabalhadores.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.