Essas recomendações foram feitas no “workshop sobre Laboratórios de Apoio ao Sector”, realizado nessa quinta-feira em Luanda, segundo uma nota do Mirempet que a Angop teve acesso hoje.

O fórum recomendou também o incremento da capacitação dos técnicos dos laboratórios para melhor servirem os utentes, assim como o retorno da figura de técnico de laboratório no regime de carreiras da função pública.

Segundo a nota, o retorno da figura de técnico de laboratório no regime de carreiras da função pública incentiva o processo de acreditação e certificação das empresas locais e cria políticas para o fomento da actividade laboratorial no país.

De igual modo, cria incentivos fiscais e aduaneiros aplicáveis à actividade do sector, incentiva a especialização laboratorial e promove a competitividade nacional e internacional.

O evento, que contou com gestores e técnicos laboratorias, recomendou a facilitação do processo de aquisição de suprimentos laboratoriais dentro e fora do país, necessários para realizar testes e análises químicas das amostras e apoio à criação e desenvolvimento de centros científicos e tecnológicos a nível nacional.

Concluiu ser necessário implementar, no curto prazo, uma unidade de acidificação (boiling) no Pólo de Desenvolvimento Diamantífero de Saurimo, criar protocolos de partilha de tecnologias a nível dos laboratórios de apoio à investigação científica, bem como,  organizar nos próximos tempos um workshop entre os laboratórios existentes e os principais usuários dos serviços laboratoriais prestados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.