Em nota, o departamento ministerial informa que o vencedor será divulgado em data anunciar, tão logo estejam controlados os focos de contaminação por Covid-19 em Angola.

O adiamento da divulgação do vencedor do concurso, lançado a 24 de Outubro do ano transacto, deve-se às medidas de restrição impostas no quadro do Estado de Emergência.

O regime excepcional (Estado de Emergência) vigora em todo o país, desde sexta-feira.

Para a materialização do projecto de refinaria do Soyo, com capacidade para 100 mil barris /dia, o Mirempet recebeu 15 propostas para a sua construção.

As propostas foram apresentadas pelas empresas SDRC, JIiangsu Sinochen Constrution, co, Quanten Consortium,  CME, AIDA e VSF, TOBAKA, Investment Group, ATIS Nebest-Angola, SATAREM, Gemcorp  Capital e CPP.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.