O evento contou com a presença de várias entidades nacionais, sendo que as honras de abertura foi presidida por sua Excelência Sr. Ministro da Construção Civil e Obras Públicas Manuel Tavares de Almeida.

Segundo o comunicado de imprensa, o certame decorreu durante dois dias e  participaram mais de 79 pessoas das 18 províncias do país que debateram  diversos temas  actuias ligados à Regulação e Fiscalização das Empresas do Sector da Construção Civil e Obras Públicas com ênfases para a capacitação no licenciamento das empresas do sector.

Segundo o Director Geral do IRCCOP,  Luís Filipe, afirma” que o seminário visa capacitar os participantes em dotar conhecimentos técnicos dos serviços de infraestruturas a nível nacional,  sendo que os mesmos terão que ter a capacidade de cumprir todas as normais jurídicas actualmente existentes no sector da construção civil e obras públicas, assim como terem a capacidade operacional de gerirem todos os processos e procedimentos no licenciamento das empresa do sector”.

Por outro lado, Doutor Baltazar de Oliveira director  adjunto do IRCOOP  alega que o seminário” visa formar formadores que nas suas respectivas províncias também irão formar os responsáveis da administração Local do Estado que terão a missão de tratar  do licenciamento das empresa do sector da construção civil e obras publicas, o Titulo de Registo ira permitir que qualquer cidadão desde o pedreiro jardineiro e estucador artífices de uma forma geral, agentes económicos do ramo, com menos capacidade económica e, técnica e humanas, com menos recurso obter a sua empresa. Iremos tirar do mercado informal para o formal e dar-lhes um titulo habilitante que terá a validade de 10 anos e lhe permite concorrer a obras nos limites fixados por lei dedicados aos Títulos de Registo, o valor dos emolumentos esta fixado  em 5 mil Kzs, de impostos aonde terão  a possibilidade de executar obras até o valor de 3.000.000,00 KZS”.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.