Num comunicado, a agência nacional de estatísticas britânica (Office for National Statistics, ONS) afirma que a desaceleração da inflação em agosto se deveu à queda dos preços de "bens recreativos e culturais", como videojogos, e em menor medida dos da roupa.

A maior pressão para a subida da taxa de inflação foi originada pelos preços dos bilhetes de avião, sublinhou a ONS.

A descida da inflação supõe um alívio para as famílias em vésperas do 'Brexit', previsto para 31 de outubro, entre temores de que uma possível saída da União Europeia (UE) sem acordo dispare os preços de alguns alimentos e de produtos importados.

O Banco de Inglaterra, cujo objetivo máximo de inflação é de 2%, também terá em conta esta descida quando realizar na próxima quinta-feira a reunião de política monetária e a evolução das taxas de juro.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.