Segundo uma nota de imprensa do Inadec a que a Angop teve acesso hoje (segunda-feira), durante o período em referência, foram emitidas 270 notificações às entidades reclamadas e 24 colheitas de amostras, que culminaram com a suspensão de 14 estabelecimentos comerciais.

Dentre eles nove padarias que trabalhavam em péssimas condições higiénicas e por más práticas no exercício da sua actividade, assim como procedeu-se a cinco acções de inutilização de produtos impróprios para o consumo humano.

No mesmo período, foram apreendidos 230 quilogramas de peixe carapau, nutrientes diversos microbiológicos para tratamento da água de mesa expirada desde 2017, mil e 495 caixas de peixe sardinha e 248 sacos de arroz.

Entretanto, no que se refere ao apoio ao consumidor e ao programa de educação para consumo, o Inadec registou 385 reclamações, das quais 276 foram atendidas e 236 encontram-se em vias de atendimento.

Ainda neste período realizou 14 palestras, procedeu 246 acções de sensibilização, 255 aconselhamentos e uma acção formativa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.