A informação foi prestada esta quinta-feira à Angop hoje pelo responsável do IDA na província, Manuel Domingos, esclarecendo que as referidas escolas visam capacitar os camponeses sobre técnicas de cultivo, modelos de preparação de terras e periodicidade das culturas agrícolas.

O responsável esclareceu que para o ano agrícola 2020/2021, a província prevê preparar 47.090 hectares, 550 dos quais com recurso à mecanização.

Quanto à colheita, está projectado uma safra de 479.049 toneladas de produtos diversos, com realce para 431 mil e 300 toneladas de mandioca, 27 mil e 60 toneladas de batata-doce, 6.325 toneladas de batata-rena e 6.750 toneladas de hortícolas.

Segundo Manuel Domingos, a previsão é que no ano agrícola 2020/2021 estejam envolvidos 17.282 famílias camponesas que serão apoiadas com 30 toneladas de sementes de milho e feijão, bem como 260 toneladas de fertilizantes.

Manuel Domingos referiu que na campanha anterior (2019/220), foram envolvidas mais de 16 mil famílias camponesas.

Cuanza Norte é uma província situada no estremo Noroeste de Angola e fica a 190 quilómetros de Luanda (capital do país). Possui vastas extensões de terras aráveis e clima favorável para a produção agrícola em grande escala.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.