Em comunicado o Governo explica que Loiola de Sousa vai ocupar o cargo de presidente do Conselho de Administração da petrolífera e, por inerência, do cargo de presidente da Direção Executiva.

Francisco Monteiro ocupava a presidência da Timor Gap desde 2011 e durante o seu mandato a petrolífera adquiriu por 650 milhões de dólares (574 milhões de euros) uma participação de 56,6% no consórcio dos poços do Greater Sunrise, no Mar de Timor.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.