A informação foi avançada esta quarta-feira, em Ndalatando, pelo vice-governador provincial para o sector técnico e infra-estruturas, Mendonça Luís.

Adiantou que as obras iniciam ainda este ano e serão executadas no âmbito do Plano Integral de Intervenção Municipal (PIIM).

Notou que serão ainda executadas acções para o reforço da capacidade de fornecimento de água à sede municipal e às comunas de Camame e Cavunga e sectores da educação e saúde, para a melhoria das condições de vida das populações.

Com oito mil e 715 habitantes, o município do Ngonguembo possui uma malha rodoviária de 311 quilómetros, totalmente degrada.

A ponte metálica sobre o rio Zenza, com 20 metros de cumprimento e quatro de largura, actualmente insegura para o tráfego rodoviário, face ao seu estado avançado de degradação, constitui um dos principais problemas à circulação de pessoas e bens naquela circunscrição.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.