A campanha visa consciencializar a população a ser agente denunciante destas práticas,  por serem ilegais e punidas por lei.

Por este facto, a  Epal  tem patente no seu stand, uma exposição com painéis que ilustram toda a cadeia de valor da empresa,  desde a captação, centros de  produção, distribuição, ligações domiciliares até ao sistema de cobrança.

O porta-voz da Epal, Domingos Paciência, informou que fazem também parte dos atractivos expostos pela empresa na filda, um contador pré-pago e um técnico que presta informações sobre o funcionamento do mesmo.

A Feira Internacional de  Luanda (FILDA/2017), que termina domingo, conta com  a participação de 234 empresas, entre nacionais e estrangeiras.

O evento, que decorre sob o lema “Diversificar a economia e potenciar a produção nacional, visando uma Angola auto-suficiente e exportadora”,  acontece  numa área de 16 mil metros quadrados,  onde se destaca os sectores da indústria alimentar, comércio, sector financeiro, telecomunicações, indústria automóvel, máquinas e equipamentos, material de construção, indústria petrolífera, artesanato, educação, hotelaria e turismo, entre outros ramos.

No certame estão presentes  13 países, com destaque para  Portugal ( 23 com empresas), China (com 13), Brasil (com 13) e Alemanha (4 empresas).
 

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.