De acordo com o director provincial do Zaire da ENDE, Masale Paulo, em declarações hoje à imprensa no final de um encontro que manteve com as autoridades tradicionais locais, os trabalhos consistem na instalação da rede de baixa-tensão e de postos de transformação de energia (PTE).

O responsável informou que, numa primeira fase, estão a ser intervencionados três bairros periféricos da cidade, nomeadamente Fina, Kintambi e Kungo-yenguele, numa empreitada que abrangerá outras localidades da sede municipal e arredores.

Para o director, presentemente, a cidade do Soyo tem uma produção de 60 Megawatts de energia eléctrica, sendo que parte considerável (não especificada) deste produto não é consumida por falta de postos de transformação nos bairros periféricos, aliada à degradação da rede de baixa-tensão.

A Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE) no município do Soyo controla cerca de 7 mil consumidores.

A cidade do Soyo tem uma população estimada em 208 mil e 497 habitantes.