Segundo o presidente da Associação Empresarial de Luanda, Francisco Viana, o referido trabalho deve ser complementado com mais formação e capacitação desses agentes fornecedores do Estado.

O líder empresarial, que falava nesta quinta-feira, no “Luanda Investement Forum”, nas instalações da Feira Internacional de Luanda (Fil), a informação sobre Contratação Pública junto das pequenas e médias empresas ainda é escassa.

Considerou fundamental haver um trabalho conjunto entre o Serviço Nacional de Contratação Pública, fornecedores, empreiteiros, prestadores de serviços e demais interessados na obtenção de informações sobre como fazer negócios com o Estado.

Defendeu a criação de um fundo de garantia para as empresas que fazem negócios com o Estado, no quadro da Contratação Pública.

Francisco Viana anunciou para Dezembro próximo a realização de um fórum empresarial que vai juntar os empreendedores sobre as melhores formas de aproveitar as oportunidades de Contratação Pública.

O “Luanda Investiment Forum” realizou-se da 32ª edição da Feira Internacional de Luanda, a maior bolsa de negócios do país, que acontece de 21 a 25 do mês em curso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.