Conforme revela uma nota enviada ao SAPO, por forma a evitar os riscos de contágio, o referido grupo criou condições para 750 trabalhadores ficarem a viver no complexo industrial do Kikuxi, em regime de voluntariado para apoiar o país no actual momento crítico.

Ainda de acordo com a organização, a adaptação às novas medidas de emergência impostas pelo Governo de Angola, foram implementadas em todas as áreas, desde a indústria às operações, até aos serviços comerciais e administrativos.

“Foram criadas várias iniciativas ao longo dos últimos, em conjunto com o Ministério da Indústria para que antecipássemos todas as necessidades de adaptação para garantir a continuidade da nossa operação. O mais desafiante foi ao nível das operações para criar condições para acomodar 750 trabalhadores das várias unidades a operar, dentro do nosso complexo industrial. Para além das condições de acomodação houve a preocupação para criar condições de entretenimento e lazer para estes trabalhadores.” Informou Diogo Caldas, CEO da Refriango.

Covid-19 leva Refriango a criar plano de contingência para garantir produção

A Refriango assegura que estão criadas parcerias com indústrias locais, que garantem o fornecimento de matérias primas para a produção ininterrupta, durante os próximos 3 meses. O abastecimento às províncias, clientes e parceiros, está assegurado, cumprindo as rigorosas regras de higiene e segurança.

O processo de sensibilização interna iniciou-se há mais de um mês. Foram criadas acções educativas, de esclarecimento e sensibilização preventiva do vírus, transversalmente a todas as equipas. Foi feita a instalação de medidas sanitárias, como doseadores de álcool gel em todas as instalações, a desinfecção rigorosa de todo o edifício e áreas de trabalho, sinalética de posição, nos diferentes espaços, nomeadamente os refeitórios, assegurando a distância recomendada. Dentro das medidas de segurança sanitária, é feito o rastreio da temperatura aos colaboradores à entrada dos edifícios, quer do complexo industrial, como na sede do Palanca.

Para garantir o distanciamento social, houve a redução da capacidade nos transportes colectivos fornecidos pela empresa. As áreas comerciais, marketing e administrativas passaram a regime rotativo e teletrabalho.

Covid-19 leva Refriango a criar plano de contingência para garantir produção

De referir que, desde o primeiro momento, a Refriango está na linha da frente no apoio ao combate à prevenção da Pandemia, tendo colocando à disposição os próprios meios para a comunicação das medidas da Direcção Geral de Saúde, em directa parceria com o Ministério da Saúde e o Governo Provincial de Luanda. Desde meados de Março está a ser veiculada a comunicação nas ruas em outdoors em parceria com a empresa BIG MEDIA, e os Trios eléctricos que circulam pelos bairros com a informação para todos os que não têm acesso a televisão ou rádio, para o esclarecimento das formas preventivas de contagio do Covid-19, e divulgação dos contactos da linha de saúde.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.