Segundo uma de imprensa enviada para o SAPO, a Sanlam doou cerca de US $ 2,3 milhões para apoiar várias iniciativas de combate à pandemia em África e em outros territórios onde a SEM tem presença comercial. Essa doação é uma contribuição adicional de algumas subsidiárias da Sanlam em seus respectivos mercados.

O montante destina-se a auxiliar os esforços na 'declinação da curva' de casos positivos e apoiar várias iniciativas para combater a propagação e o impacto do vírus com compra equipamentos de proteção individual, contribuições para fundos nacionais de solidariedade, ajuda alimentar e assistência escolar com e-learning.

Questionado sobre a doação, o CEO da SEM, Heinie Werth, disse que cada um dos 32 países Africanos e de outros mercados nos quais a Sanlam opera terão fundos alocados para uso a critério das subsidiárias da Sanlam e empresas associadas nesses países, para apoiar iniciativas de combate ao coronavírus.

“Acreditamos que esse esforço contribuirá não apenas para a luta contra o coronavírus, mas também para garantir um futuro sustentável para todas as comunidades onde fazemos negócios em todo o continente. Além disso, as operações do país podem contribuir com fundos adicionais de seus respectivos negócios para os esforços de alívio. A escala e o impacto desta pandemia nas pessoas e nas economias de África podem ser terríveis, mas se agirmos de forma solidária e coletiva, podemos contribuir para os esforços em andamento para atenuar o impacto do COVID-19", disse Werth

Heinie Werth acrescenta que sendo uma empresa pan-africana líder em serviços financeiros, com um rico histórico de 'indo bem' e boa cidadania corporativa, assumem proactivamente a responsabilidade de apoiar os países em que operam para combater o COVID-19.

“Este momento de incerteza sem precedentes, exige que ajamos para conter o impacto desse flagelo. Estamos confiantes de que nossa contribuição, juntamente com as de empresas com ideias semelhantes e outros doadores, contribuirá bastante para achatar a curva desse vírus na África e em outros lugares.”

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.