De acordo com uma nota de imprensa da instituição a que  Angop teve acesso, o suposto concurso está A ser promovido por instituições ou pessoas de má fé, sem a anuência e conhecimento dos Correios de Angola, usando a marca e o terminal telefónico da empresa extraídos do website dos correios.

“Por este facto temos estado a recepcionar chamadas telefónicas e e-mails provenientes de supostos vencedores a reclamarem os prémios que lhes são devidos”, lê-se na nota.

Alerta para o perigo que os participantes possam correr, uma vez que os supostos vencedores expõem na referida plataforma os seus dados pessoais e de cartões de crédito.

Apela as instituições e a sociedade em geral a não participarem no referido concurso, sob pena de caírem em burlas e prejuízos, tantos financeiros como morais e material.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.