Os meios que vão permitir irrigar as áreas de cultivo, no período de cacimbo, época seca, foram adquiridos pela Administração local no âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza.

As motobombas vão permitir o aumento da produção local de tomate, cebola, alho, repolho, alface, pimenta e beringela,  produtos escassos nos meses de Maio, Junho, Julho e Agosto.

Na ocasião, a administradora municipal de Mbanza Kongo, Nzuzi Makiese, que orientou a cerimónia, informou que o sector agrícola é um dos nove eixos previstos no Programa Integrado de Desenvolvimento local e Combate à Pobreza para a sua circunscrição.

Precisou que, as acções para o eixo da agricultura vão prosseguir, ao qual o município está a canalizar cerca de três milhões e 750 mil Kwanzas por mês, dos 25 milhões de Kwanzas atribuídos mensalmente pelo Ministério das Finanças.

Os demais eixos têm a ver com a cidadania, destinado à atribuição gratuita de Bilhetes de Identidade a cidadãos, o empoderamento da mulher, apoio aos ex-militares, dentre outros, segundo a responsável.

O município de Mbanza Kongo conta com uma população estimada em mais de 180 mil habitantes distribuídos pelas comunas de Kalambata, Kaluka, Nkiende, Luvo, Madimba e Sede.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.