O Centro para a Investigação Económica Europeia (ZEW) informou hoje que o índice de confiança dos investidores na Alemanha subiu em setembro para -22,5 pontos, mais 21,6 pontos que em agosto.

A avaliação dos investidores da situação atual na Alemanha em setembro desceu 6,4 pontos para -19,9 pontos, o valor mais baixo desde maio de 2010.

A subida do índice de confiança do investimento não traduz uma melhoria em relação à evolução da economia alemã nos próximos seis meses porque as perspetivas continuam a ser negativas, disse o presidente do ZEW, Achim Wambach.

“Os fortes temores dos analistas financeiros no mês passado em relação a um maior recrudescimento do conflito comercial entre os Estados Unidos e a China não se confirmaram. Há esperança de que se possa evitar uma saída desordenada do Reino Unido da União Europeia (UE)”, adiantou Wambach.

Segundo o presidente do ZEW, além disto, o Banco Central Europeu (BCE) tenta reduzir os riscos conjunturais na zona euro com política monetária mais expansionista.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.