O governador Pereira Alfredo, que procedeu  à entrega dos meios, disse à ANGOP que a medida visa incentivar os agentes do campo a participar no processo de diversificação da economia do país.

Considerou que a actividade agrícola deve ser processada a todo tempo, justificando que o Governo do Bié está a introduzir outros factores de produção para que isso possa ocorrer tanto em períodos secos.

A ideia, de acordo com o governante, é fazer com que a produção local seja contínua, salientando que no âmbito do programa de combate à pobreza e outros, os recursos consignados para o apoio à produção devem ser alocados aos camponeses a nível da província.

Quanto ao escoamento dos produtos, enfatiza ser aposta do governo melhorar as estradas secundárias e terciárias a ser desenvolvida por uma Brigada Especial, que por um lado tem estado a abrir picadas para os campos de produção e a desmatação dos campos para o efeito.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.