O governante disse que a entrega dos meios vai aumentar os níveis de produção na região. Do material entregue constam, 190 toneladas de fertilizantes, e sementes de feijão manteiga e de milho.

Na ocasião, o responsável para área de aquisição do Projecto de Agricultura Familiar Orientado para o Mercado (MOSAP II), José Abel, aconselhou os beneficiários para lançarem as sementes nas terras desbravadas e, não consumi-las como as vezes acontece com outros agricultores.

Precisou que, o projecto Mosap II em parceria com os camponeses envolvidos prepararam para o efeito 300 hectares de terras aráveis a nível do município de Catabola, admitindo que, perspectiva-se com acção aumentar as culturas e consequentemente combater à fome e à pobreza nas comunidades.

Por sua vez, o governador do Bié, Pereira Alfredo destacou o contributo dos camponesas no crescimento da agricultura, tendo os encorajando envidar esforços, com vista a se obter a auto-suficiência alimentar no seio das famílias.

O município de Catabola, província do Bié, tem uma população estimada em 118 mil 245 habitantes, distribuídas em quatro comunas, maioritariamente camponesa que dedica-se ao cultivo do feijão manteiga, mandioca, café, tubérculos, frutas e hortaliças diversas.

Na presente campanha agrícola, de acordo com uma fonte do sector da agricultura, os camponeses associados em cooperativas e isolados cultivaram em mais de mil hectares a nível daquela região.