O Cocktail de premiação que contou com a presença do Vice-governador da Província de Luanda Dr. Lino Sebastião e do Presidente do Conselho de Administração do Grupo Arena Dr. Bruno Ricardo Albernaz, realizou-se numa unidade hoteleira de Luanda, onde premiou também o INEFOP - instituto nacional de fomento ao emprego como vencedor da categoria “Melhor participação empreendedorismo social”, concorrendo com a Comissão Administrativa da Cidade de Luanda e do Gabinete Provincial Para a Acção social.

Para a categoria de “Melhor participação Inovação” o membro do júri consagrou vencedor a CEPP que concorreu ao lado da Focus workplace solutions, Bumba e Nonkakus Este prémio é atribuído às empresas que apresentaram soluções inovadoras no que diz respeito a produtos, serviços ou estratégias de marketing.
Para a categoria de “Melhor participação economia e finanças” o vencedor foi a Multicrédito que concorreu o prémio com as empresas kwanzagest e Banco Sol, numa categoria em que o prémio é para as empresas que com os seus produtos e serviços contribuem para o incremento ao investimento, surgindo como impulsionadores ao empreendedorismo.

Para a última categoria “Melhor participação soluções empresariais” o vencedor foi Instituto Médio Politécnico (Alda Lara), que esteve a concorrer com IPIL - Instituto Politécnico Industrial de Luanda (Makarenco) e Administração Municipal de Viana.

Numa categoria que atribui o prémio aos expositores que apresentaram produtos e serviços que poderão ser futuras soluções empresariais. Este prémio é um incentivo à criatividade e ao empreendedorismo.

De acordo ao comunicado enviado ao SAPO Angola, a Cidade do Empreendedor é um projecto que se destaca por ser criativo, diferente e inovador. Com o intuito de apoiar os jovens empreendedores, a organização permite, às Startups usufruir de preços de inscrição mais baixos. Para esta primeira edição, o certame superou as expectativas tanto do Governo da Província de Luanda como da Eventos Arena pela superação numérica que era de dar visibilidade a 70 expositores e, o número subiu para 150 ao passo que o número de visitantes expectados subiu de 8 para 12 mil visitantes durante os 4 dias de exposição da Cidade do Empreendedor, realizada numa área útil de 7 mil metros quadrados.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.