Pelas 15:17 horas de Portugal, o índice Dow Jones Industrial recuava 0,02%, para 25.434,00 pontos, enquanto o S&P 500 perdia 0,8%, para 3.025,81 pontos e o tecnológico Nasdaq deslizava 0,26%, para 9.882,87 pontos.

Nos Estados Unidos regista-se um dos maiores aumentos de casos de nova infeções pela SARS-Cov-2, o que aumentou possibilidade de algumas áreas e setores de atividade terem de manter-se parcialmente parados, disseram analistas citados pela agência financeira Bloomberg.

O Departamento do Trabalho norte-americano revelou hoje que os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos caíram para 1,48 milhões na semana terminada em 20 junho, contra 1,54 milhões na semana anterior.

Os números de pedidos de subsídio de desemprego semanal no país caíram, no entanto, menos do que esperavam os analistas, pelo que os mercados ficaram dececionados.

A queda para 1,48 milhões de pedidos é justificada com o lento aumento da procura, que está a fazer com que as empresas despeçam trabalhadores, referem os analistas.

O Departamento do Comércio, por seu turno, indicou hoje que a taxa de crescimento da economia dos Estados Unidos se contraiu 5% no primeiro trimestre deste ano, devido aos efeitos negativos da pandemia de COVID-19.

A queda de 5% no Produto Interno Bruto (PIB) registada no primeiro trimestre deste ano foi a contração mais acentuada desde a quebra de 8,4% observada no quarto trimestre de 2008, aquando da pior crise financeira desde a Grande Depressão , salientou aquele organismo federal.

Este indicador espelha apenas duas semanas em que a economia norte-americana esteve parada pois em muitas partes do país o encerramento da atividade iniciou-se em meados de março.

“O sentimento [dos investidores] mudou realmente para negativo”, disse à Bloomberg Gene Goldman, diretor de investimentos do Cetera Financial Group.

Na quarta-feira, a bolsa de Nova Iorque fechou forte baixa, também com os investidores preocupados com a subida exponencial de novos casos de infeções com o novo coronavírus em vários estados federados dos EUA e as suas possíveis consequências económicas.

O índice Dow Jones Industrial recuou 2,71%, para 25.447,31 pontos, o tecnológico Nasdaq cedeu 2,19%, para 9.909,17 pontos e o S&P500 perdeu 2,59%, para 3.050,33 pontos.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.