Falando no âmbito do curso de Certificação Internacional em Parcerias Público-Privadas (PPP), que termina na sexta-feira em Luanda, Olivier Lambert salientou que é importante que os técnicos sejam treinados para lidar com as matérias que surgem neste tipo de contratação pública e terem um contacto real com o funcionamento das PPP.

Para o responsável do Banco Mundial em Angola, é essencial que os técnicos estejam cientes que as PPP são um dos vários tipos de investimento público, mas feito com dinheiro privado, e que o facto de o modelo de contratação ser este não é suficiente para transformar um mau projeto num bom projeto.

O facto de o Governo de Angola querer abrir o país ao investimento externo para sair da crise económica é mais uma razão para as PPP funcionarem, já que o setor privado pode ser o motor que impulsiona a economia nacional.

O Banco Mundial, acrescentou, foi requisitado para fornecer assistência técnica ao programa do Governo incluindo a monitorização e a definição dos principais projetos prioritários.

Promovido pelo Ministério da Economia e Planeamento em parceria com o Banco Mundial, o curso entregará o Certificado Internacional em PPP aos técnicos que demonstrarem compreender os princípios fundamentais e as abordagens destas parcerias.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.