Durante a audiência, as duas entidades abordaram questões relacionadas com o apoio dos EUA, bem como o seu ponto de situação.

Segundo a ministra Adjany Costa, as prioridades do sector assentam na valorização da cultura e na criação, no domínio ambiental, de estratégias abrangentes que permitam trazer a natureza de volta para centros populosos.

Para a diplomata americana, Nina Maria Fite, manifestou a disponibilidade para apoiar, no âmbito do processo de conservação do património cultural, turístico e ambiental e na difusão de informações sobre a história de Angola.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.