A delegação da Reserva Federal dos Estados Unidos terminou uma visita de quarenta e oito horas a Angola com o objetivo de avaliar as reformas em curso do Executivo de Luanda, que visam voltar a adquirir dólares de bancos correspondentes norte-americanos.

A comitiva norte-americana chefiada pelo Vice-Presidente e Chefe dos Assuntos Internacionais e Estratégicos da Reserva Federal, Michael  Schetzel, reuniu-se com o Presidente Angolano,João Lourenço e trabalhou com os responsáveis do Ministério das Finanças e do Banco Nacional de Angola.

Segundo a embaixadora norte-americana em Luanda, Nina Fite, que não adiantou datas, Angola pode voltar a ter acesso aos dólares de bancos correspondentes daReserva Federal dos Estados Unidos proximamente.

Os bancos angolanos deixaram de ter acesso a moeda norte-americana em 2015, com a suspeita do sistema financeiro angolano de branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo.

Confira aqui a correspondência de Avelino Miguel.


Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.