No mês de Julho tudo o que passa, passa pela FILDA, por isso ponha-se confortável e aproveite tudo o que a maior feira de negócios angolana tem para oferecer.

Multissectorial, com uma génese muito própria, a FILDA abre portas a novos investidores e serve de palco a muitas empresas já estabelecidas, estrangeiras ou não, para exporem os seus produtos e serviços.

Há por isso stands e pavilhões de visita obrigatória.

Para quem é fã de novas tecnologias, dispositivos móveis de smartphones a IOs, o pavilhão 1 é ponto certo. Aqui páram a Unitel, a TV Cabo, muitas instituições bancárias, a Zap, a Taag, a Movicel, Multitel, Net One, todas elas muito direccionadas para as novidades tecnológicas.

Neste pavilhão tipicamente tecnológico nunca falta a música!

Para quem está à procura de novos serviços, parcerias, bens e produtos deve ir directamente ao pavilhão 2.

Entre o Brasil e a Alemanha, passando pela África do Sul, é uma viagem inter-continental que compensa a caminhada. Cada um destes stands tem cerca de 500 m2 e o Brasil por exemplo trará muitas soluções a nível do sector agrícola.

Para facilitar a vida aos cidadãos angolanos o Ministério das Finanças, com um stand logo à entrada deste pavilhão vai permitir que os contribuintes possam criar na hora os seus cartões de identificação fiscal.

Para os fãs do bom vinho português, da restauração ou da construção lusas, no pavilhão 3, como ainda é de tradição estará Portugal com cerca de 90 expositores.

Para quem é mais apaixonado pela Ásia, oriente-se até ao pavilhão 4, a China, país convidado, espera-o com boas surpresas. Dos dragões ao fogo de artifício, a China vai provar que nos negócios o deleite visual também conta...e muito!

O ouro negro não fica de fora da FILDA, aliás é muitas vezes no pavilhão dos petróleos (o 5) onde se vêem os protótipos mais originais e de grande porte. É também neste pavilhão que as oportunidades de emprego são mais visíveis.

No sábado, 20 de Julho a FILDA fecha com leões de ouro, na gala que premeia a melhores participações de stands e países, presenteando ainda o público com a actuação de Júlio Iglésias, convidado especialmente para os 30 anos da feira.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.