A empresa que possui a maior fábrica de chocolates do Brasil conta com o apoio da delegação brasileira de empresas exportadoras APEX e pretende promover os seus produtos e participar na feira como uma unidade conjunta de empresas brasileiras de negócios no Brasil. 

De acordo com André Zuk, trader internacional dos chocolates Garoto, o interesse de empresas angolanas é muito grande em questões de parceria de trabalho, tendo em conta a dimensão do nome da marca a nível internacional. 

Para este ano está programada uma demonstração de novos produtos Garoto que fazem parte da aposta da empresa em diversificar a sua oferta mantendo a linha de confecção que lhe-é característica

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.