O angolano lamenta ver o Maquis a sofrer muitos golos durante os trabalhos de preparação para o referido campeonato nacional e a Taça de Angola. “Temos estado a sofrer muitos golos. É uma equipa em construção e tem algumas dificuldades”, justificou-se.

Contudo, acredita que os próximos dias serão melhores para a sua equipa uma vez que ainda há tempo para corrigir os erros em todos os sectores, com realce para a defesa e ataque.

É também de conhecimento público que o Maquis forneceu cinco dos seus jogadores influentes para os compromissos da selecção nacional de honras (Palancas Negras).

Recorde-se que Zeca Amaral já conquistou o terceiro lugar inédito pelos maquizardes no Girabola Zap, o mesmo feito do seu homólogo do Desportivo da Huíla na época passada, Mário Soares.

Por sinal, a equipa deste último técnico vai receber o Maquis a 16 do corrente mês, no Estádio Ferrovia, a contar para a primeira jornada do campeonato.

Zeca Amaral está entre os melhores técnicos angolanos e já orientou a referida selecção nacional. Antes disso, foi técnico da Rangol, Sonangol do Namibe, Benfica de Luanda e Recreativo do Libolo.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.