Nas posições seguintes da prova, organizada pela associação provincial da Huíla, e que contou com a participação de 36 xadrezistas, quedaram-se Ernesto Hombo (individual), e Osvaldo David (Clube Ferroviário), com sete pontos cada.

Em declarações à Angop, o vencedor disse que o nível competitivo foi maior que nas edições anteriores, e que cada adversário esteve melhor preparado.

"Isto é um sinal positivo de crescimento da modalidade, uma vez que a Huíla pretende ser a segunda praça do xadrez no país, depois de Luanda", sublinhou.

Por sua vez,  o presidente da Associação Provincial de Xadrez  na Huíla, Vicente Silva, fez um balanço positivo do torneio pelo número de concorrentes  e nível competitivo, uma vez que o campeão só foi encontrado na última jornada.

A prova foi disputada a nove jornadas, num ritmo de 90 minutos.

A competição teve com objectivos expandir a modalidade na província, apurar o campeão local da época desportiva 2020, e os cinco representantes para o torneio Zonal B, agendado para Março, na província do Uíge..

A associação huilana de xadrez controla actualmente 160 jogadores filiados em clubes e individuais, nos municípios do Lubango, Chibia e Humpata.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.