A Selecção Angolana de Futsal sénior masculina vai receber a similar da Zâmbia na terça-feira, 29, a partir das 17h00, no pavilhão principal da Cidadela Desportiva, em Luanda.

Neste desafio decisivo, o combinado nacional assume o favoritismo. Além de jogar em casa, goleou o adversário por 4-0 há menos de 10 dias, no jogo da primeira mão, em Luzaka.

Com esta vantagem precisa de pelo menos um ponto para conseguir o passaporte para Marrocos, no qual já sonha com um dos três primeiros lugares que dão acesso à Copa do Mundo.

Em entrevista exclusiva ao SAPO, o secretário-geral da Federação Angolana de Futebol Salão (FAFUSA), Eliseu Major, fez saber que as condições para o jogo esperado já estão criadas.

Diz que respeita as qualidades dos zambianos mas acredita que os seus compatriotas farão tudo em campo para concretizarem o objectivo traçado em casa, onde querem repetir a proeza.

“Nós queremos participar no CAN para o Campeonato do Mundo. Estamos a trabalhar para isto até porque o grupo actual é melhor que o anterior. Temos mais alternativas com este grupo, mas não é fácil”, reforçou.

Eliseu reconhece também o potencial das similares do Egipto, Marrocos e Líbia, adversários que estiveram na série do cinco angolano em 2016.

Recorde-se que o combinado nacional já participou em dois CAN de Futsal: em 2008, na Líbia e 2016, na África do Sul.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.