Este oitavo e último jogo amigável dos petrolíferos serve de apresentação oficial do plantel que vai atacar a época 2019/20, cujo objectivo principal é conquistar o 16.º troféu no campeonato.

Em entrevista ao SAPO, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, o técnico do Petro, Toni Cosano, disse que o estágio na África do Sul deu outra dinâmica à sua equipa.

“O grupo está motivado e preparado para lutar pelo título no campeonato. Vamos continuar a trabalhar para vencer jogos e alegrarmos os nossos adeptos, sócios e os dirigentes do clube”, realçou, apesar de ter noção que a equipa não conquista título na prova há dez anos.

Cosano fez saber também que em sete jogos amigáveis realizados em terras sul-africanas, o Petro somou três vitórias, duas derrotas, igual número de empates, marcou 12 golos e sofreu oito.

De salientar que o Petro contratou o angolano Dolli Menga, proveniente do Chipre, Jacques Tuyisenge, ex-Gormaía do Quênia, e o famoso dos bis e atriques, Yano, vindo do Progresso do Sambizanga.

Quanto ao Girabola Zap, sabe-se que o adversário dos petrolíferos da primeira jornada, Benfica do Lungo, anunciou a sua desistência na prova recentemente por falta de verbas.

Por outro lado, o principal rival dos petrolíferos, 1.º de Agosto, tetracampeão nacional, apresentou recentemente o seu plantel oficial nas suas instalações, no Estádio França Ndalo, em Luanda.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.