O Petro de Luanda ambiciona conquistar o campeonato e ocupar pelo menos o quarto ou quinto lugar na Liga dos Clubes Campeões de Futebol de África, previsto para arrancar em Outubro deste ano.

De acordo com o presidente de direcção do clube, Tomás Faria, as condições necessárias para a equipa trabalhar pelos objectivos traçados já existem.

“Obviamente que agora vai ser mais fácil do que nos últimos seis anos. Poderemos potenciar a componente desportiva e lograrmos êxitos naquilo que são os objectivos colocados no nosso manifesto eleitoral”, garantiu.

Tomás Faria tranquilizou também os adeptos e sócios do Petro ao assegurar que pelo menos 60 por cento dos atletas de basquetebol mais influentes já assinaram os contratos recentemente.

Com isto, desejou sucessos aos mesmos, que nesta altura estão focados nos trabalhos para a próxima época, na qual a equipa petrolífera vai disputar os títulos dos campeonatos nacionais e africano.

Fez saber também que no clube que dirige, o andebol tem conquistado mais troféus em relação às outras modalidades e justificou-se: “O andebol tem conquistado muito mais porque são três competições africanas para o mesmo representante numa época: Taça Boubacar Fall, Taça das Taças e Taça dos Clubes”, explicou.

Com isto, assegurou que ao longo dos próximos quatro anos do seu mandato, o clube vai fazer tudo para conquistar pelo menos 50 por cento dos títulos nas provas de andebol em que estiver envolvido.

O Petro congrega dez modalidades: atletismo, andebol, basquetebol, ciclismo, futebol, ginástica, hóquei em patins, karaté, vela e voleibol.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.