Além daquela prova, o sete nacional também perspectiva melhorar o 8.º lugar na 32.ª edição dos Jogos Olímpicos, que decorrerão em 2020 também naquele país asiático, em Tóquio.

De acordo com o vice-presidente da Federação Angolana de Andebol (FAAND), Zeca Venâncio, o sete nacional vai iniciar os trabalhos de preparação para o Mundial nas próximas semanas.

“A preparação passa primeiro pelo campeonato do mundo. Estamos apurados para os Jogos Olímpicos de Tóquio, isto era o mais importante e vamos ver também a nossa preparação”, reforçou.

Contudo, o dirigente felicitou as Pérolas, sobretudo o corpo técnico nacional e os membros da FAAND, com realce para o presidente de direcção do organismo, cujo mandato está na recta final. “Parabéns para as nossas atletas, técnicos, o nosso presidente e todos os trabalhadores da federação”, disse.

Recorde-se que as Pérolas conseguiram recentemente a qualificação para os Jogos Olímpicos ao vencerem a similar do Senegal por 22-14 em jogo da final do torneio pré-olímpico, decorrido em Dakar.

Com este feito, o combinado vai participar pela sétima vez consecutiva naquela que é a maior montra desportiva do mundo, após a estreia em 1996, em Atlanta, Estados Unidos, onde ocupou o sétimo melhor lugar de sempre.

Depois disso, marcou presença nas edições seguintes: em 2000, em Sidney (Austrália), 2004 em Atenas (Grécia), 2008 em Beijing (China), 2012 em Londres (Inglaterra) e em 2016 no Rio de Janeiro (Brasil).

Neste último país sul-americano, as Pérolas ocuparam o oitavo lugar, após eliminarem adversárias com vasta experiencias internacionais e tradição forte na modalidade.

Quanto ao Mundial, ocuparam o sétimo melhor lugar de sempre em 2007. A referida selecção em destaque é a mais titulas de África, com 13 troféus.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.